Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Olhares

Sábado, 10.11.07

Gosto das tardes sombrias a olhar o mar

do traço que desenho na areia fria

do sabor salgado nos meus lábios

da tranquila sensação do afago do vento.

Gosto deste intervalo de mim

na procura de lugares onde estive

nas paisagens que vi sem sentir.

Tenho a espuma a meus pés

num branco baço leitoso

como a palidez da tarde.

Já se acendem as luzes

não há recorte no horizonte, não o distingo

as sombras regressam a matizar a noite

fico mais um pouco...escuto-me

entendo-me com a noite que se encosta a mim

de mansinho...

e segredamos o adeus a este encontro.

Guardo todo o perfume das tardes sombrias

a olhar o mar.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por dolce_vita às 02:53


2 comentários

De daplanicie a 10.11.2007 às 16:18

Um lindo poema embora eu não partilhe o gosto pelas tardes sombrias. Sou uma pessoa da luz que preciso do sol para me animar.
Beijinhos

De dolce_vita a 10.11.2007 às 19:06

Olá
Eu gosto de sol e de luz,no entanto tenho necessidade de passar para lá da luz,não a escuridão,mas uma luz mais ténue,que me avive pedaços de momentos que tive,que gosto,que imagino...é sem nostalgia ou solidão que o faço.
É também uma das formas que encontro para estar comigo mesma.Mas nesta altura do ano procuro o mar e muito.
Um abraço

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930